sexta-feira, 12 de agosto de 2011

Agouti paca

Seguindo a ilustração.
Preciso me lembrar da outra orelha...
hehehe.
Comecei a pintar com branco e ocre as manchas no pelo.
É importante dar a impressão que elas são  pêlos mais claros e inseri-las corretamente.
Aos poucos chegamos lá!!







Agouti paca

Seguindo com a prancha, trabalho as manchas do corpo da paca retirando um pouco da cor e deixando a base branca que criei aparecer.
Só após isso usarei o branco para realçar essas manchas.
Essa técnica é mais rápida do que pintar em volta de cada mancha e mais natural do que simplesmente pintar de branco por cima do marrom.
Retirando a tinta, conseguimos uma borda natural para as marcas do corpo.
Em aquarela você pode usar a máscara líquida para deixá-las claras.
Use a ponta do pincel úmida para criar o desenho da mancha e um guardanapo de papel para secá-las  e retirar a cor.


quarta-feira, 10 de agosto de 2011

Agouti paca

Criei uma técnica pessoal, onde faço uma base de guache branco no corpo do animal antes de iniciar a pintura.
Assim consigo "esfumar" as cores e crio um bom efeito... experimente!
Depois dessa base você pode usar até a aquarela.
Segue a pintura da paca!
Daqui a pouco ela estará pronta!

quinta-feira, 4 de agosto de 2011

Agouti paca

Ilustração em andamento...
o fundo trabalhei em aguadas de aquarela.
Não tem problema "invadir" o corpo do bicho, pois ele será pintado em guache e a tinta, sendo opaca, cobrirá as aguadas iniciais.
Para manter as pedras claras usei máscara líquida.

Momotus momota

Estou em ação na tela do Udu !!!

quarta-feira, 3 de agosto de 2011

Trogon viridis

Quase lá!!

Trogon viridis

Finalizando a fêmea.
Depois é só pensar em detalhes.
Nesta fase gosto de deixar a prancha, quando possível, uns 2 dias guardada para depois, com os olhos descansados, "acertar" os detalhes de luzes e sombras, penas, etc

terça-feira, 2 de agosto de 2011