domingo, 11 de janeiro de 2009

Material de Ilustração

Tenho recebido diversos e-mails me pedindo dicas sobre qual o material indicado para a ilustração de aves.
Particularmente trabalho com aquarela e guache sobre papel e acrílico sobre papel ou tela, mas sou da opinião que qualquer material é indicado desde que o artista adapte-se ao mesmo.
Lápis de cor, óleo, pastel, etc, tudo vale!!!
Mas sobre o meu estilo, me utilizo da aquarela para áreas de brilho e quando procuro uma imagem mais "leve" no fundo das pranchas.
Lembre-se que a aquarela e transparente e uma camada sobreposta geralmente não cobre a inferior.
Já o guache, por ser opaco cobre uma camada inferior e por essa característica o acho ideal para retratar penas de aves e pêlos de mamíferos, bem como asas de borboletas, pois o trabalho fica mais rápido e mais real no sentido da obtenção de volume com o trabalho de luz e sombras e nuances de reflexos iridescentes.
O acrílico serve para os dois propósitos, mas tem o incoveniente de secar rápido e depois não ser solúvel com água como o guache e a aquarela impossibilitando retoques futuros com a remoção de cor.
Nas duas técnicas, guache e acrílico, eu trabalho sempre misturando o branco em todas as cores para que ele sirva como base. A cor é outra com o branco !!!!
Parece cremosa e a pintura fica com outro acabamento.
Sobre o papel eu trabalho com uma grana mais fina, o que me possibilita maiores detalhes.
Pincéis, sempre os mais caros!!!!!!!!
Não tem comparação....
Algumas sugestões:
Guache TALENS
Aquarela WINSOR & NEWTON
Acrílico ROWNEY
Papel FABRIANO 300 grs grana fina
Pincéis TALENS ou TIGRE série 309
Qualquer dúvida estou à disposição e mãos à obra!!!!!

2 comentários:

Karitas disse...

Raphael, vc sabe que sou sua fã número 1 e que o lançamento desse Guia vai ser o começo do sucesso e reconhecimento que vc merece como artista. Pode sempre contar comigo. Bjinhos

Renan xD disse...

Noooooossssssaaaaa,gostei muito do seu trabalho. Vc é mto talentoso...
Seus desenhos são maneros, quem sabe vou desenhar assim um dia, heim?
Abraços